Home     Sobre o Portal     Seções     Equipe     Links Úteis     Cadastre-se     Fale Conosco     Galeria de Fotos      Vídeos
Presidente Prudente,
CidadesPolíticaEducaçãoEsporteGastronomiaEntretenimentoBrasil & MundoPopularVídeos
 
 
Olimpíada - 13/11/2013 (21:07) - Atualizado em 13/12/2013 08:14
Estudo prevê emissão de 3,5 milhões de toneladas de gás carbônico durante as Olimpíadas
Por: Agência Brasil

A Secretaria de Estado do Ambiente e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), divulgaram nesta quarta-feira, 13/11, um levantamento preliminar com a estimativa de que 3,5 milhões de toneladas de gás carbônico devem ser emitidas no estado, no período das Olimpíadas e dos Jogos Paralímpicos de 2016. Para minizar os efeitos dessas emissões, 18,5 milhões de mudas serão plantadas até o final de 2015, sendo 16 milhões de árvores nativas da Mata Atlântica e 2,5 milhões de seringueiras, que absorvem mais carbono.
Desde 2009, quando foi assinado o Compromisso Olímpico, 5,5 milhões de mudas já foram plantadas, principalmente no município de Cachoeira de Macacu, na região serrana. Para o secretário do Ambiente, Carlos Minc, a meta de plantio deve ser superior ao número estipulado para combater, também, o aumento da emissão de carbono durante a Copa do Mundo de 2014.
"Nós temos a responsabilidade de plantar árvores para neutralizar todas as emissões de carbono que serão feitas em decorrência das Olimpíadas. Contratamos uma empresa que calculou a quantidade de carbono que será emitida durante o evento. Para abater esse número teremos que plantar 18,5 milhões de árvores, mas como havíamos anunciado anteriormente, vamos manter a meta de tentar plantar 24 milhões”, disse o secretário.
Segundo o levantamento preliminar dos Jogos Limpos – iniciativa da secretaria -, dois terços de todas as emissões de carbono estão vinculadas ao setor de transportes, com 65,36% de liberação. Em segundo está o setor de construção de locais e eventos, com 25%.
Minc acrescentou que o objetivo com esses plantios é garantir menos carbono, mais água e mais biodiversidade. “Sempre nos baseamos naquela ideia de três por um. Estamos plantando árvores para absorver carbono e não aumentar a temperatura do planeta mas, também, para proteger os rios, melhorando os recursos hídricos, além de fechar corredores de biodiversidade, que garantem a não extinção de animais ameaçados no estado", explicou.

Agência Brasil
Espécie nativa da mata atlântica
 
Listar todas de "Esporte"
 
mais lidas
Pirapozinho - 15/06/2012
Pirapozinho inaugura obras de estádio e traz Corinthians Master
Libertadores - 22/06/2012
Boca Juniors pega o Corinthians na final da Libertadores
Judô - 29/08/2012
Quatro judocas de Prudente garantem vaga no Paulista
Kung Fu - 28/08/2012
Alunos de Kung Fu participam de cerimônia para troca de faixa
3 tambores - 14/04/2013
Menina de 12 anos está entre as 10 finalistas da prova dos 3 tambores neste domingo em Prudente.
últimas notícias
Futebol sub-20 - 10/11/2015
Grêmio Prudente/Semepp vence Tanabi e fica perto da decisão do Paulista Sub-20
Grêmio Prudente - 03/11/2015
Sub-20 do Grêmio Prudente/Semepp vence Palmeirinha e está na semifinal do Paulista
Voleibol - 17/04/2015
Equipe feminina de voleibol de Prudente contrata reforços
Kart em Prudente - 24/03/2015
Segunda Etapa do Campeonato de Kart Cidade da Criança supera as expectativas
Basquete Prudente - 18/12/2014
Equipe Sub-14 de basquete de Prudente é campeã da Liga Regional do Centro Oeste Paulista
 
 
PORTAL NO PONTAL
O Portal de Notícias do Pontal do Paranapanema
contato@nopontal.com.br
• Cidades • Política
• Educação • Esporte
• Gastronomia • Entretenimento
• Brasil & Mundo • Popular
• Vídeos
nos acompanhe
criado e desenvolvido por
Fabricio Modafaris
NO PONTAL • O Portal de Notícias do Pontal do Paranapanema © 2018 - Copyright | Melhor visualizado em 1024px / 768px