Home     Sobre o Portal     Seções     Equipe     Links Úteis     Cadastre-se     Fale Conosco     Galeria de Fotos      Vídeos
Presidente Prudente,
CidadesPolíticaEducaçãoEsporteGastronomiaEntretenimentoBrasil & MundoPopularVídeos
 
 
Guerra ao terror - 22/11/2015 (09:31) - Atualizado em 22/11/2015 09:31
Ataques aéreos provocaram muitos danos ao Estado Islâmico, diz general francês
Por: Agência Brasil


O chefe do Estado Maior do Exército francês garantiu neste domingo, 22/11,  que o último ataque aéreo da França contra posições do Estado Islâmico na Síria provocou muitos danos, mas alertou que a guerra vai ser longa.
“Provocamos muitos danos consideráveis. Isso é o que se vê por meio dos nossos meios de inteligência”, disse o general Pierre de Villiers em entrevista ao semanário francês Journal du Dimanche, citado pela agência France Presse.
Cerca de 60 bombas francesas, lançadas entre domingo (15) e terça-feira na localidade de Al Raqa, considerada o feudo dos jihadistas na Síria, tinham como objetivo campos de treino e centros de comando.
Os ataques foram feitos levando em conta o critério muito importante de proteger a população.
“Quando se atinge um inocente, cria-se uma insurreição adicional que é contraproducente”, afirmou o general.
Pierre de Villiers explicou que destruir a infraestrutura de um país “não é a melhor maneira de ganhar a confiança da população, algo que é um fator-chave”, e esclareceu que os bombardeios contra poços de petróleo buscam debilitar financeiramente a organização jihadista.
A chegada à região, neste fim de semana, do porta-aviões Charles de Gaulle significará para os franceses “mais-valia operacional”, porque vai triplicar a sua capacidade de tiro, com 38 aviões no total.
Villiers advertiu que não haverá vitória militar “a curto prazo” e insistiu que um inimigo não se destrói com bombardeios aéreos, mas sim em terra, com esse tipo de apoio.
“Todos sabem que, no final, o conflito será ganho pela via diplomática e política. Ganhar a guerra será bom, mas não será suficiente. A guerra deve ser travada em conjunto”, acrescentou o general, lembrando que, apesar das diferentes perspectivas internacionais, há um inimigo comum que é o “islamismo radical” da organização.



 
Listar todas de "Brasil & Mundo"
 
mais lidas
Oportunidades - 17/08/2012
ONU recruta jovens de até 32 anos; salários chegam a R$ 302 mil por ano!
Celular - 12/07/2012
Que tal pagar contas pelo celular?
Rio+20 - 18/06/2012
Índios recebem comida estragada durante Cúpula dos Povos
Rio+20 - 18/06/2012
Documento da Rio+20 deve ser finalizado hoje, excluindo polêmicas e detalhes sobre recursos
Belo Monte - 06/07/2012
Índios pedem em São Paulo a suspensão das obras de Belo Monte
últimas notícias
Economia - 30/10/2017
Confiança do empresário do comércio cresce 0,3% em outubro
Reforma Previdenciária - 26/10/2017
Aprovação da reforma da Previdência interessa a todos os partidos, diz Meirelles
Saúde - 26/10/2017
Países de língua portuguesa assinam acordo para implantação de bancos de leite
Trabalho escravo - 26/10/2017
CNBB repudia portaria sobre trabalho escravo e estimula manifestações
Carne Fraca - 19/03/2017
Presidente Michel Temer faz reuniões neste domingo para tratar da Operação Carne Fraca
 
 
PORTAL NO PONTAL
O Portal de Notícias do Pontal do Paranapanema
contato@nopontal.com.br
• Cidades • Política
• Educação • Esporte
• Gastronomia • Entretenimento
• Brasil & Mundo • Popular
• Vídeos
nos acompanhe
criado e desenvolvido por
Fabricio Modafaris
NO PONTAL • O Portal de Notícias do Pontal do Paranapanema © 2018 - Copyright | Melhor visualizado em 1024px / 768px