Home     Sobre o Portal     Seções     Equipe     Links Úteis     Cadastre-se     Fale Conosco     Galeria de Fotos      Vídeos
Presidente Prudente,
CidadesPolíticaEducaçãoEsporteGastronomiaEntretenimentoBrasil & MundoPopularVídeos
 
 
Teatro - 24/11/2015 (22:13) - Atualizado em 24/11/2015 22:14
Teatro Popular Solano Trindade receberá, no próximo final de semana, a peça “O Brilho de uma Alma”
Por: Assessoria de Imprensa/Camila Mancini
Assessoria
Encenação
 


 
 
No próximo sábado, a peça “O Brilho de uma Alma” será encenada pelo casal de atores de Embu das Artes, Edgar Izarelli  e Lua Rodrigues. Tendo início como uma performance, foi tão bem aceita pelo público, que ganhou, recentemente, o formato de uma peça teatral completa. Se, antes, era apresentada em locais abertos, escolares e em eventos promovidos pelo governo do estado de São Paulo, hoje, devido às proporções e à procura do grande público, a peça ganha  espaço de grandes casas de espetáculos, como o Teatro Popular Solano Trindade.

 A companhia teatral da qual os atores fazem parte, intitulada “EdLua.Artes”, é originária de um extinto grupo de teatro experimental, chamado “Co-Midia Dell Arte” e fundada por Edgar Izarelli e Lua Rodrigues. A EdLua.Artes traz uma proposta multiartística, levando, para as apresentações, não só os elementos da interpretação como também  das artes plásticas e literatura. Além de difundir  a arte na educação, por meio de oficinas  de criação e diversas rodas de conversas sobre inclusão artística de  jovens com deficiência  em  escolas espalhadas pelo estado  de SP. Edgar também é deficiente físico e , como sequela da paralisia cerebral, que o acometeu desde o seu nascimento, tem dificuldades motoras. Por isto, usa uma cadeira de rodas, para se locomover com mais facilidade.
 
O grupo iniciou os trabalhos em junho de 2014, com a performance “espelho” que mostra uma cena sensual, reunindo, em um só momento, três diferentes linguagens da expressão artística: acrobacias em lira acrobática, teatro e literatura poética. Com essa performance, a companhia  reforçou, ainda mais, sua proposta cênica, à qual se dá o nome de polarização existencial da personalidade, onde os atores  representam  uma única existência dividida em polaridades que compõem as personagens.
 
Em outubro do mesmo ano, o grupo montou outra performance, “O brilho de uma Alma”, que relata as situações onde as limitações do corpo e o desejo da expressão física se misturam e acabam tornando-se um só, levando o público a uma reflexão  sobre o tema da inclusão da pessoa com deficiência  de forma inovadora  e extremamente sutil . A performance foi modulada, inicialmente, por um monólogo escrito pelo  próprio Edgar  Izarelli e, posteriormente,  por Lua Rodrigues, até chegar ao formato atual e ser encenada pelos dois atores.

Com direção do ator e diretor Almir Rosa, firmaram parceria com  a DRE-Diretoria Regional de Educação de Campo Limpo, em SP, onde a performance foi apresentada, por cinco vezes, a diversos professores e estagiários da educação inclusiva. Contou, ainda, com exibições em eventos, entre eles, no coquetel de lançamento do livro   “Olhares Sobre a Inclusão - uma Perspectiva Ibero Americana”, de autoria do professor Saulo Cesar Paulino e Silva, que ocorreu durante o evento “Construindo Cidadania”,  realizado na associação Laramara, e, também, no “OcupaAção de Saraus”, promovido pelo coletivo “Tenda Literária”. Além da parceria no palco e na arte como um todo, os jovens artistas acabaram tornando-se, também, parceiros de vida; são casados e, há poucos meses, tiveram seu primeiro filho.
 
Para Edgar Izarelli, a arte é a melhor maneira de expressar  as vontades humanas e ainda pode trazer, para perto, boas surpresas e grandes encontros, como seu relacionamento com Lua. “Com a arte, nosso corpo pode produzir tanto quanto nossa mente. Por isto, além do teatro, tenho quatro livros já publicados, já a peça “O brilho de uma alma” não se limita a demonstrar como a personagem se sente em relação à sua própria deficiência, mas, ainda discute, de maneira introspectiva, como ela recebe os olhares estigmatizados da sociedade, trazendo, assim, à tona, o processo psicológico que leva, em muitos casos, a uma severa depressão. Portanto, pode-se afirmar que se trata de um intenso drama psicológico, ambientado em um universo interior, que conduz à principal característica causadora de catarse: a polarização da existência - as duas personagens representam o corpo e a alma de um só ser”, disse o artista.
 
A peça “O Brilho de uma Alma” será estreada no dia 28, às 20h, no Teatro Popular Solano Trindade, que fica na avenida São Paulo, 176 - Jardim Silvia –Embu das Artes. A entrada será gratuita.

Assessoria
Casal em cena

 
Listar todas de "Entretenimento"
 
mais lidas
Palmirinha na TV - 04/07/2012
BemSimples estreia novo programa de Palmirinha Onofre
Comédia - 21/08/2012
Diogo Portugal retorna a Prudente com o espetáculo, Portugal É Aqui!
No Pontal & Revista Très - 01/08/2012
Revista Très de Presidente Prudente é nova parceria do No Pontal
Radionovela - 08/05/2014
Radionovela, um sucesso do passado está de volta no rádio moderno
Devaneios e Neuroses - 12/07/2012
Romance! [BLOG]
últimas notícias
Música - 26/10/2017
Cantor Robson Almeida participa do programa "Domingo Show" neste domingo (29)
Teatro-Nova York - 03/11/2016
Prudentino estreia como assistente de direção em peça sobre a vida de Clarice Lispector, em NY
Show - 18/08/2016
Jazz de Casa abre o “Festival Jazz & Blues” do Sesc Thermas em PP
Virada Cultural - 24/05/2016
A sonoridade poética de Maria Gadú contagia o público da Virada Cultural em Presidente Prudente
Virada Cultural - 24/05/2016
MPB, Rock, o Rap e a simpatia do “Gabriel O Pensador” arrebataram o público na Virada Cultural
 
 
PORTAL NO PONTAL
O Portal de Notícias do Pontal do Paranapanema
contato@nopontal.com.br
• Cidades • Política
• Educação • Esporte
• Gastronomia • Entretenimento
• Brasil & Mundo • Popular
• Vídeos
nos acompanhe
criado e desenvolvido por
Fabricio Modafaris
NO PONTAL • O Portal de Notícias do Pontal do Paranapanema © 2018 - Copyright | Melhor visualizado em 1024px / 768px